Vai viajar para o Chile? Confira essas dicas!

Quem me acompanha no Instagram (@daianebarboza) sabe que em Agosto/2018, fomos curtir 5 dias em Santiago, Chile. Na verdade, foram 4 dias, por que o último dia não conseguimos aproveitar, pois nosso voo foi de manhã, mas conseguimos aproveitar bem a viagem e conhecer vários lugares e pontos turísticos. E em breve voltaremos também!

De alguns anos para cá a América do Sul tem sido bastante visitada por brasileiros, inclusive tem muitos morando por lá também, então se estiver pensando em ir, não se preocupe, vai conseguir se virar bem!

São muitos lugares para conhecer em Santiago e em todo o Chile, cidade grande, muito próxima as Cordilheiras dos Andes, com várias vinícolas, estações de ski, parques e com uma beleza natural sem igual. Então reserve no minimo 5 dias completos para visitar Santiago, sugiro um passeio por dia, sendo um dia de neve, um dia Cajón Del Maipo, um dia vinícolas, um dia Vina Del Mar e Valparaíso e um dia para conhecer a cidade. Assim consegue fazer os pontos principais.

Idioma
O idioma oficial do Chile é o Espanhol, mas não é um espanhol limpo, eles usam gírias próprias, mas conseguimos entender a maioria das coisas, voltamos até falando um portunhol hahaha muita coisa gruda na cabeça!

Visto
Para viajar para o Chile não é preciso de visto, é necessário o passaporte ou documento de identidade (RG é necessário ter menos de 10 anos de emissão), não é permitido habilitação, mas vale lembrar que as regras podem mudar, é sempre bom consultar antes de viajar.

Voo
Nosso voo partiu de São Paulo com destino a Santiago, voo direto com duração de 4 horas e lá estávamos! A vista da janela do avião é incrível, não tem palavras que descrevam, fomos voando Avianca e foi super tranquilo. Amamos!

376ad1d3-a2dd-494b-87e4-20bb5b0817a5

Cambio 
A moeda do Chile é o peso chileno.
Quando chegamos no aeroporto do Chile trocamos apenas em torno de R$ 100,00 e a cotação estava baixa, $ 140 pesos, o que não compensa, trocamos apenas o necessário para ir até o nosso hotel, e deixamos para trocar no centro da cidade, na Calle Agustinas que a cotação estava $ 161 pesos, bem melhor que no aeroporto! Então anota essa dica!
E também fizemos saque, em qualquer banco é possível fazer saque com cartão internacional, mas é cobrado uma taxa por isso de $ 4.900 pesos, em média de R$ 30,00 reais por saque.
Pesquisamos entre dólar e real, o que compensaria mais, e o real pra gente foi melhor, pois o dólar estava alto e perderíamos, mas se você já tiver dólar, vale a pena levar!

Hospedagem
Fechamos pacote com a CVC Viagens de Pedreira, onde estava incluso, passagens aéreas, hospedagem e um passeio as cordilheiras.
Ficamos hospedados no centro de Santiago, Hotel Capital San Pablo, super aconchegante, ótima recepção, próximo ao Mercado Central, La Moneda, uma boa localização do centro, restaurantes mais baratos, e conseguimos conhecer tudo por ali a pé.
Gostamos muito e indicamos o Bairro Providencia também, que é mais movimentado e próximo ao shopping Costanera e de muitos restaurantes.

Internet
Chegando no Chile já fomos atrás de internet, compramos chip da Claro na banca mesmo e pagamos $ 2.000 pesos com 2GB de redes sociais + 800MB de navegação por 7 dias e para ativar basta ligar para *103#. Podem ser feitas outras recargas e outros planos também, que foi o que fizemos, e nos surpreendeu! Muito bom!

Locomoção
Quando chegamos no aeroporto, tinha diversas maneiras de ir até o centro, de táxi, vans compartilhadas, optamos pelo ônibus, até por ser mais em conta, ficou $ 1.800 pesos cada, em torno de R$ 12,00 cada um, informamos o local e descemos na última parada.
Usamos uber para tudo, pois é bem mais em conta, mas não são legalizados ainda, evite taxistas, pois são famosos por golpes em turistas, como cobrar mais caro, dar notas falsas e trocos errado.
Há outros meios também, como metro e bicicletas, que você encontra em toda esquina.

Compras
Compramos algumas coisas no mercado para deixar no hotel, fomos ao Supermercado Líder que fica próximo ao hotel, compramos várias coisas, os valores variavam, gastamos $ 27.091 pesos em torno de R$ 170,00 reais, em 15 itens, abaixo conseguem ver nossa compra, muita coisa achamos caro, tipo o limão saiu por R$ 17,00 não tinha 1kg, então podem ver que o custo de vida é maior.

d197beef-b44c-47b8-b8c6-7ee5d5bbad40

Já as lembrancinhas compramos nos Cerros que pode ser no de San Cristóbal, Santa Lúcia, Mercado Central, Patio Bella Vista…E olha se gostou de algo, já compra, pois você provavelmente não irá voltar no mesmo lugar apenas para comprar.
Quanto aos chocolates compramos alguns no mercado, mas quando encontramos nas barraquinhas de rua, não resistimos, bem mais barato, pagamos $ 2.000 pesos enquanto no mercado estava $ 3.500 pesos. E compramos também no Duty free, bastante chocolates que não encontramos no Brasil, a moeda é dólar e só aceitam cartão de crédito, não recebiam a vista.

Comidas
Comer em Santiago pode ser bem caro, mas tem para todos os bolsos e gostos.
Se você quer economizar, tem Mc Donalds, opção de comprar no mercado também, e anota essa dica super valiosa, tem um restaurante chamado La Piccola Italia, que tem “Hora Feliz” pratos a partir de $ 2.000 pesos, funciona em dias de semana das 16h as 20h e finais de semana e feriados das 17h as 20h para consumo no local.
E depois tem diversos restaurantes com preços médios e super elevados, como Hard Rock, Como Água para chocolate, Giratório, Ocean’s Pacific, Bali Hai, e a opção de comer no mercado central também, onde tem as famosas Centolla, provamos um pedacinho mas não faz nosso gosto não rs são muitos restaurantes.

O Hard Rock, gostamos muito, pedimos o Combo Jumbo, são comidas que já estamos acostumados, como frango, batata, cebola e rolinhos primavera. Gastamos em torno de $ 28.000 pesos, cerca de R$ 173,00, o ambiente é muito gostoso, com música e bem agitado.

98f31840-a920-4fb8-bb89-7c35b2a61580

La Piccola Italia “Hora Feliz” restaurante de massas, pedimos o prato Fontana, que é uma combinação de pastas caseiras, como ravióli, gnocchi, canelone, lasanha e fettuccini, tudo ao molho bolonhesa e queijo parmesão, por $ 7.999 pesos, em média R$ 50,00 serve em torno de 3 pessoas.

Ocean’s Pacific, restaurante com especialidade em frutos do mar, não é algo que amamos, pois só gostamos de tilápia, salmão e camarão, mas nada cru hahah o lugar é muito bacana, você se sente a bordo de um návio, todo decorado, com música ao vivo. Pedimos dois pratos: Fettucine com camarão e centolla ao molho da casa e Filé de salmão a parmegina com chips de batata, a apresentação estava maravilhosa, mas não nos agradou muito, achamos muito forte e diferente, mas são gostos. Gastamos $ 36.300 pesos que são R$ 225,00 reais.

E tem muitas comidas tipicas para provar também, como:

Empanadas assadas;
Chocolates Super 8, Sauhn-Nuss, Golden Nuss, Carezza, a maioria tem pedaços inteiros de amêndoas;
Mote con huesillos;
Bebida Terremoto;
Centolla;
Pastel de Choclo;
E muito mais.

Seguro Viagem
Fizemos nosso seguro viagem, pois é sempre bom estar preparado caso aconteça algum imprevisto, e foi super baratinho, fizemos com a Líder Corp, cotamos diversos e foi o mais em conta que encontramos, tem diversos planos, principalmente se você quiser praticar esportes, cair ou sofrer algum acidente, é super importante.

Gostaram? Tem alguma dúvida?

 E se você gosta de me acompanhar, das minhas dicas, me segue lá no instagram @daianebarboza_ e se prepara que tem mais posts sobre o Chile, dos passeios, das cordilheiras, neve e muito mais. ♥

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s